quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Sobre a orca que matou a treinadora no Sea World


Ainda estou muito chocada com a morte da treinadora do Sea World, na 4a feira à noite, em Orlando, FL.
Ao que parece, ainda não se sabe muito bem se a treinadora (foto acima) caiu no tanque da orca Tilikum (a maior orca do parque)ou se foi puxada. Algumas testemunhas afirmam que a treinadora foi puxada pela orca. Que naquele dia a orca não estava respondendo aos comandos, que estava indócil, etc. O fato é que a treinadora morreu.

Estivemos mês passado no Sea World assistindo este show das orcas,aliás, um dos melhores shows envolvendo animais que eu já vi. As orcas parecem super calmas, bem sob controle, os treinadores interagem muito bem e o show é maravilhoso. Eu me lembro perfeitamente desta treinadora que foi morta ontem. Na verdade, era uma das mais animadas e isso me chamou a atenção, ela dançava e pulava mais que os outros, parecia amar o que fazia. Ainda cheguei a comentar com Thomas que eu também queria ser treinadora das orcas porque parecia incrível aquele relacionamento entre ser humano e aquele cetáceo enorme...surreal. Sim, cetáceos! As orcas não são baleias, embora todo mundo as chame de baleias-assassinas. Elas são da família dos golfinhos. Não sei se podem ser chamadas de assassinas, mas com certeza estão no topo da cadeia alimentar oceânica.

Eu amo os animais, todo mundo que me conhece sabe disso, eles me transmitem paz, sensação de equilíbrio e muito mais. Estes animais oceânicos enormes me fascinam!
Ao mesmo tempo, penso sobre o cativeiro de certos animais. Acho que com esta morte no parque, deveria se discutir melhor esta questão. Já se falou muito sobre isso no passado por conta da orca Keiko, que foi chamada de Willy no filme "Free Willy".
No final, após anos de apelos, Keiko foi libertada do cativeiro e passou a ser monitora mundo afora. Infelizmente ela morreu em 2003 após uma pneumonia, mas ao menos morreu em liberdade...e a partir daí várias opiniões diferentes sobre o assunto. Se Keiko tivesse continuado no cativeiro talvez ainda estivesse viva; orcas vivem mais que 27 anos, a idade em que keiko morreu... libertar um animail após tanto tempo preso talvez interfira no processo de readaptação...são tantas as opiniões.

Voltando ao assunto, uma orca matou uma pessoa ontem em um parque famoso aqui nos EUA e ainda não se sabe ao certo o que aconteceu. Será que depois disso vão continuar com os shows, aliás, uma das maiores atrações do Sea World?

Eu lamento muitíssimo pelo ocorrido e está difícil acreditar que aquela treinadora morreu. Ela era a imagem da pessoa que amava o que fazia (teria dito em entrevista que era o sonho dela aquele tipo de trabalho)e que parecia super feliz. Agora também resta saber o que farão sobre a morte da treinadora e também o destino da orca Tilikum. Tudo muito triste mesmo!
Links:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Orca
http://www.keiko.com/
http://www.msnbc.msn.com/id/3700297/

4 comentários:

A e W disse...

Muito triste mesmo, amiga...
Eu acredito seriamente que a intencao desse animal nao era matar... OU estava brincando ou estressado de ter que fazer tantas performances num curto periodo. Tudo cansa, a gente cansa, os animais cansam, nao somos maquinas. Infelizmente foi uma vida que se foi. Muito triste

Lu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu disse...

De novo... (to tendo problemas pra postar, sorry!)
Te mandei um email com o comment. Bjs!

Feeds

Visitantes online - Welcome!

lineflower_gif