quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Um pouco sobre os que já se foram

Neste exato momento tô aqui do lado de fora to hotel e tá fazendo uma solão danado com uma chuva intensa. Engraçado é que as duas forças da natureza estão intensas e ao mesmo tempo. Daqui a pouco vou ver se acho um arco-íris no céu...

****************************************************************************

Ando sonhando com meu pai todas as noites. É como se ele fizesse parte do dia a dia novamente, já que está nos meus sonhos sempre. Engraçado, papai se foi já velhinho e claro, já aparentando a idade, mas nos sonhos ele está sempre na faixa dos cinquenta anos, sempre animado e presente em minha vida. Tenho sentido muitas saudades dele. Depois que o Michal Jackson se foi, fiquei ouvindo as músicas dele (MJ) quase diariamente e aí redescobri "I never can say goodbye". Eu sempre gostei desta música mas não ouvia Michael Jackson há um bom tempo até ele partir. Todas as vezes que ouço lembro do meu pai principalmente e dos que já disseram goodbye. Todas as vezes eu choro. Só de escrever isso aqui já tô chorando. Dói demais sentir saudades dos que já se foram. Não quero que ninguém fique triste por mim ou por este post, afinal, eu sei que meu pai teve uma vida longa, fez o que quis, foi feliz ao modo dele e foi uma pessoa maravilhosa com todos os defeitos e qualidades. Só que tem épocas que a coisa bate mais forte e há semanas,com estes sonhos todas as noites, venho sentindo mais saudade ainda. Aquela coisa de pegar o telefone e conversar, contar as novidades...nos sonhos sempre acontece. Ao menos isso! É fase, vai passar, digo, essa intensidade, pq a saudade vai ficar pra sempre.

Falando nisso, li ontem no Terra que os estúdios Disney vão fazer outro filme sobre a curta vida da Anne Frank. Eu sou super fã do livro e acho que apesar da tristeza vale a pena recontar esta história principalmente pq a msg tem que se repassada sempre. Vamos esperar, acho que vem coisa boa por aí!

*****************************************************************************

O Sol venceu a chuva...calor e céu azul!! ;-)

8 comentários:

Lucia Cintra disse...

Nossa, como te entendo! Perdi minha mae ha 3 anos atras e de vez em qdo ainda me pego chorando, sabe? E como vc, ela sempre aparenta mais jovem nos meus sonhos, que interessante. So que qdo sonho com ela, eu acordo tao triste!! Ate prefiro nao sonhar.

Hang in there! Bjos, Lu

RCLIMA disse...

É assim mesmo, tambem sonho muito meu pai, acho que faz parte do exercicio que temos que fazer ao longo da vida para saber conviver com a morte. Um grande abraço.
Ah! Publiquei uma foto sua no meu blog, desculpe...brincadeirinha vc estava muito bem, rs!

Lu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu disse...

Sei bem como vc se sente, Deh. Tb choro se eu sonho com a Emilia. :(
E sobre o MJ, antes dele morrer volta e meia eu ouvia Man in The Mirror pq adoro essa musica, choro tb todas as vezes que eu ouco. Mas depois que ele morreu passei a ouvir outras e desde Junho nao consigo parar de ouvir P.Y.T. (versao que tah no disco do Thriller), You Rock My World e Rock With You. :)
Bjs!
(deletei o post anterior pra fazer uma correcao) ;)

Fernanda disse...

oi amiga, saudade de vc (que nao se foi, gracas a Deus!).

Amei ver suas fotos - vc pulando corda, principalmente. So sweet!

De, to em falta com vc, amiga. Nem li seu blog todo ainda!! Quero muito conversar com vc, mas nao sei ainda quando teremos tal oportunidade (parece que vivemos sem telefone e email , nao e mesmo?).

Beijinhos

fe

A e W disse...

Amiga, fico muito triste em ver vc triste. Sinto muito, como sinto pelo seu pai... Eu sei e acompanhei todo o seu sofrimento e de sua familia... Mas Deus estah no ceu e o guarda e olha por vc... Fique bem, amiga.

Qto ao filme sobre o diario de Anne Frank, eu tanto li o livro como assisti ao filme e gostei muito... Realmente eh uma estoria tragica... Mas muito bonita e vale a pena ser repassada sim.

Um beijao amiga

Silmara C. disse...

Acho que a gente nunca esta preparada para a perda dos pais, mesmo que velhinhos. Esse e um momento na minha vida que sei que vai chegar e nao sera facil. Independente da idade dele.
Porem, vejo um momento de saudade, melancolia como parte de ser feliz. Acho que a felicidade e completa quando abracamos esses momentos mais vulneraveis e ao envez de tentarmos ser forte e bola pra frente, nao, a gente para, olha a chuva, o sol, lembra da musica, pensa na pessoa e deixa aquela lagrima gostoza cair. Da oportunidade pra alma se aliviar.
Lindo esse seu post. Amei mesmo Debora.
Um beijo grande.
u

Debora Rocha Muscutt. disse...

Obrigada pelo apoio, amigos, é sempre bom compartilhar alegrias e tristezas com amigos!

Feeds

Visitantes online - Welcome!

lineflower_gif