sexta-feira, 11 de junho de 2010

Diferenças de um casal


Estava aqui aproveitando meu dia de folga no trabalho e pensando sobre várias coisas que estão para acontecer em nossas vidas e com isso comecei a pensar como eu e Thomas somos pessoas super diferentes. Não acho que isso seja algo negativo mas, às vezes pode trazer alguns conflitos se a gente não conseguir ajustar as tais diferenças.

Só para começo de conversa, eu sou uma pessoa que sempre que tem que fazer alguma coisa, pensa, planeja e já começa a agir. Ele não. Gosta de pensar, planeja muito cautelosamente e daí para agir, só no último momento.
Eu gosto de estar cercada de pessoas, situações, eventos, tudo que envolva gente tá muito bom pra mim. Ele até gosta de estar cercado de pessoas mas não sempre, geralmente fica mais tímido ainda nestas circunstâncias.
Eu gosto de cidades grandes, até gosto de lugares pequenos mas sempre reclamo da falta de conveniências, e ele gosta de cidades pequenas, pacatas, conveniências não são tão importantes, cidades grandes o estressam um pouco.
Se estou vivenciando algum tipo de conflito com alguém, não consigo sossegar enquanto não resolvo o assunto. Ele não, prefere que o tempo passe para então voltar ao assunto e talvez tentar resolver se possível. Também não se estressa caso não resolva.
Quando vamos a um restaurante, eu sempre sei o que vou querer, ele leva um bom tempo decidindo e o garçon vai e volta umas 3 vezes, :-)
Eu gosto de fazer várias coisas ao mesmo tempo, isso, além dele não fazer, nem que quisesse conseguiria, porque descobri que os homens tem esta dificuldade, rs.
E isso é só o começo...há muito mais.

Considerando estes fatos, reconheço que há muitos motivos para sermos incompatíveis, complicados, mas... não somos. Temos lá nossos conflitos (e quem não os tem?) mas não precisamos ser do mesmo jeito, agir e pensar da mesma forma para estarmos juntos e sermos felizes. Até é interessante como um pode ajudar o outro justamente por causa destas diferenças, respeitando os devidos limites. Acho que há várias fases no relacionamento de um casal que mora junto. A do começo, talvez mais deslumbramento e a visão das coisas boas somentes...depois a fase do dia-a-dia, do conhecimento maior um do outro, talvez depois da rotina e finalmente a fase onde já nos conhecemos o suficiente para apreciar mais ainda algumas coisas e detestar outras. Mas nada precisa ser necessariamente negativo, é o meu ponto. Um casal que após alguns anos vivendo juntos consegue ajustar a experiência, a vivência, aliadas à amizade, vontade de estar juntos, de compreender um do outro pode ser feliz e ajustado, apesar das diferenças.

Acho que tudo depende de como a gente se comporta diante do que acontece em nossa vida. A gente tem o poder de escolha para tudo nesta vida! Ainda bem. :-)

2 comentários:

Roberto disse...

Pelas semelhanças vou adorar o Thomas e nos daremos muito bem! Somos muito parecidos, só o idioma de diferente. Rs..rs..rs..!

Debora Rocha Muscutt. disse...

Sério, Roberto? Que engraçado!:-)

Feeds

Visitantes online - Welcome!

lineflower_gif