sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Oito anos desde o dia dos atentados


Venho comentando todos os anos sobre este dia 11 de Setembro, geralmente relembrando a tragédia e a tristeza que esse dia traz à lembrança.

Hoje cedo, assistindo tv, vi uma reportagem interessante sobre alguns efeitos que ficaram na vida das pessoas que ajudaram no resgate e na situação desesperadora daquele dia.

Ao que parece, 8 anos depois, muitos sofrem com doenças físicas e mentais, que parecem não ter fim. Fora isso, alguns também lutam com o sistema de saúde americano, que nem sempre pode ajudar estas pessoas de maneira efetiva.

Foram mostrados alguns exemplos. Várias pessoas passaram a ter asma e outros tipos de doenças respiratórias por causa da fumaça e dos destroços. Há também o problema do stress pós-traumático, problema difícil de tratar, que fez muitos deixarem seus trabalhos por se consideram inaptos para enfrentar qualquer situação de tensão/perigo. Lista gande de aposentados ainda jovens, desde então.
Incapacitados.

Bombeiros, policiais, cidadãos, pessoas que de alguma forma fizeram parte do fatídico dia ainda estão vivos, mas não conseguem viver como viviam antes do dia 11 de Setembro de 2001.

Perguntaram então a 3 pessoas que eram entrevistadas se eles tornariam a fazer o que fizeram naquele dia, caso houvesse uma outra situação. Os três foram unânimes em responder um sonoro "não". Não ajudariam mais, nem chegariam perto. Eles afirmam que agora eles dão prioridade à eles mesmos e às suas família, que também sofrem com os efeitos provocados.

É um caso a se pensar.

7 comentários:

A e W disse...

Pois eh amiga! Que coisa triste o que aconteceu no 11 de setembro...

Ontem fui a um evento com minha amiga Carol no Soho e vi as luzes das torres gemeas... Eh muito triste imaginar que, naquele ponto, mais de 3000 pessoas perderam a vida de uma forma tao tragica. Well, cada dia que passa vemos tanta miseria nesse mundo... O ser humano nao tem mais compaixao com o outro... Eh cada um por si e Deus por todos... Tristeza!

Carol Neubern Fonseca disse...

Oi De!!!
Vou passar por aqui pra ler seu blog com mais frequencia!
Passa pra mim seu e-mail que vou convida-la pra espiar o meu tambem.
Beijos em seu coracao.

RCLIMA disse...

O mundo deveria ter mudado seu modo de agir, deveria ter sido mais solidário... mais humano! O 11de setembro parece que não significou nada. As politicas continuam as mesmas. Que país vai apresentar alguma possibilidade, algum fato novo a favor do amor e da igualdade entre os povos? O 11 de setembro precisa representar isso e que as vitimas façam de suas dores ferramentas para todas possibilidades de fraternidade. Pq se ficarem sofrendo suas mágoas de nada adiatará tanto sofrimento.

Debora Rocha Muscutt. disse...

Carol, seja mais que benvinda! Adorei!Já te passo meu e-mail!deb.rocha@gmail.com Um beijão!

Debora Rocha Muscutt. disse...

Line e Roberto, vcs escreveram gdes verdades, tenhamos fé que toda esta dor passada no dia tão sofrido de fato represente mais solidariedade e menos ódio...beijos aos dois!

Debora Rocha Muscutt. disse...

Line e Roberto, vcs escreveram gdes verdades, tenhamos fé que toda esta dor passada no dia tão sofrido de fato represente mais solidariedade e menos ódio...beijos aos dois!

Silmara C. disse...

Oi Debora,

E quantas pessoas nao deram suas vidas pra ajudar o proximo? Acredito sim que muitas coisas boas vieram desse desastre.
Mandou bem lindona.

Bjos

Feeds

Visitantes online - Welcome!

lineflower_gif